O QUARTO SÁBIO

Vale a pena ver esse filme, eu assisti e recomendo!!!

Com Martin Shenn, Alan Arkin, Eillen Bennan e direção de Michael Ray Rhodes, “O Quarto Sábio” conta a história de um homem sábio em busca do verdadeiro sentido da vida. Filho de um rei da antiga Pérsia, o sábio procura nas Sagradas Escrituras o significado real da vida e descobre as profecias sobre Jesus, o Rei dos reis. O plano dele é encontrar-se com os três reis magos no deserto para irem ao encontro do Rei Jesus. Mas, depois de uma série de percalços, o sábio somente consegue encontrar Jesus no fim de sua vida. E encontra também a resposta que procurava.

Baseado no clássico de Henry Van Dyke, o filme (apesar de ser ficção) é realmente emocionante.

Jesus eu sou o…?

Havia um homem que vivia pelas ruas de uma cidade. Aparentemente, não tinha onde morar. Todos os dias ele entrava em uma igreja e se ajoelhava e imediatamente saía. O zelador daquela igreja ficava sempre atento à entrada daquele homem pois temia que ele estivesse ali para se apropriar. Durante muito tempo aquilo aconteceu. Finalmente, vencido pela curiosidade o zelador se aproximou dele e falou: – Tenho visto que você vem aqui continuamente e se ajoelha e logo em seguida sai. Aquele homem, porém, respondeu: – Sou um homem muito simples, não sei fazer orações difíceis, nem muito longas, então, eu chego me ajoelho para Jesus e digo: Jesus, eu sou o Jaime. Passado algum tempo, aquele homem foi vítima de um acidente e foi internado em um hospital. Com o passar dos dias, a enfermeira que tomava conta daquela ala percebeu que o estado de ânimo das pessoas daquela ala havia melhorado muito. Aquela era uma ala problemática e as pessoas estavam sempre de mau humor, de sorte que uma mudança havia sido operada naquelas pessoas. A enfermeira, se aproximou de um deles e perguntou: – o que está acontecendo por aqui? Ao que um deles respondeu: – É o Jaime ele anda sempre alegre e tem nos animado muito. A enfermeira, ficou curiosa para saber o que acontecia com aquele paciente. Nunca ninguém o visitava, a cadeira reservada aos visitantes ao lado do seu leito estava sempre vazio, contudo, ele não só vivia alegre como também, estava influenciando os outros. A enfermeira, se aproximou de Jaime e lhe perguntou. Tenho estado a lhe observar e vejo que você está sempre alegre. Jaime, respondeu à enfermeira: é o meu amigo, todos os dias ele vem me visitar, senta-se ao meu lado e me diz: Jaime, eu sou Jesus!

NA PRESENÇA DO …? ATÉ A TRISTEZA SALTA DE ALEGRIA!!!

_papagaiopregadorMuitos, hoje, estão afirmando que na presença do Senhor, até a tristeza salta de alegria.

 Existem até hinos, gravados em CD´s de cantores famosos, afirmando isto.

 Pode até parecer algo bonito e verdadeiro, mas esta expressão não se refere ao Senhor.

 Esta expressão foi arrancada do livro de Jó de uma forma completamente fora de contexto, e usam isso pra emocionar o povão, virou um jargão dos pregadores.

 Em Jó 41.22 encontramos esta expressão. “Perante ele, até tristeza salta de prazer”. Há traduções que dizem. “Em sua presença até a tristeza salta de alegria”.

 A expressão está correta, mas perguntamos. Na presença de quem?

 Se você ler o contexto, que é uma obrigação de todo estudante da Bíblia, descobrirá que, desde o versículo primeiro do capítulo 41 de Jó, não está se referindo a Deus, mas está se referindo ao leviatã, que algumas versões chamam de crocodilo.

 Neste caso não é na presença de Deus que a tristeza salta de prazer, mas esta metáfora que trata realmente do susto que a pessoa tem, refere-se ao crocodilo e não a Deus.

 Cuidado para não tirar conclusões precipitadas, principalmente quando se refere à Palavra de Deus.

A minha vitória tem sabor de mel?

Assim começa o Salmo 20: “O SENHOR te ouça no dia da angústia; o nome do Deus de Jacó te proteja” (v.1). Não vemos aqui propriamente um hino de louvor a Deus, mas uma mensagem para o rei. Mesmo assim, a grandeza do Senhor é o que mais se destaca nesse salmo. No Salmo 37, a letra da composição também é um estímulo para o justo: “Não te indignes por causa dos malfeitores, nem tenhas inveja dos que praticam a iniquidade. Porque cedo serão ceifados como a erva e murcharão como a verdura” (vv.1,2). No entanto, nota-se, nos quarenta versículos desse salmo, que a ênfase recai na Ajuda do Alto para os servos do Senhor. A Harpa Cristã — hinário oficial das Assembleias de Deus, editado pela CPAD —, a despeito de não ser perfeita, segue o estilo contido nos Salmos. A maioria das suas composições é de louvor a Deus, mas também possui hinos com mensagens inspirativas para os servos de Deus. Assim começa, por exemplo, o hino 4: “Não desanimes, Deus proverá; Deus velará por ti; sob suas asas te acolherá; Deus velará por ti”. Não é de hoje que existem hinos cuja letra é uma mensagem animadora, confortante para o crente, em vez de conterem palavras de louvor dirigidas diretamente a Deus. A despeito disso, boa parte dos Salmos bíblicos começam com ordens expressas, como “Louvai” e “Cantai”. Se tomarmos como base esse livro veterotestamentário, a maioria dos nossos hinos deveria ser de enaltecimento ao nome do Senhor, posto que apenas uma pequena parte dos Salmos é de composições com mensagens de exortação, de estímulo para o justo. Bem, como vimos, não há problema algum em uma parte dos hinos evangélicos conterem mensagens inspirativas, em que se menciona o cuidado de Deus para com os seus servos fiéis. Mas o que é preocupante é o fato de, hoje, a maioria (quase todas) das composições evangélicas não pertencer à modalidade louvor e adoração. Além disso, é preciso fazer uma distinção entre os hinos inspirativos e as canções de autoajuda ou que contêm sentimento de vingança. Estas, aliás, apesar de serem as que fazem mais sucesso no meio evangélico, não podem sequer ser consideradas hinos cristocêntricos, e sim canções antropocêntricas, posto que a sua ênfase recai nas necessidades e na vitória do ser humano, em detrimento da grandeza de Deus e da obra redentora. A canção Sabor de Mel, cujos vídeos no YouTube já atingem a casa dos milhões. Ela até começa bem, mencionando o agir de Deus na vida do crente fiel. Entretanto, ao longo da composição, não se vê menção clara e prioritária aos atributos do Senhor. Pelo contrário, o que se sobressai são bordões de autoajuda e que contêm sentimento de vingança. É claro que há também erros de construção frasal na aludida canção, mas não vou mencionar isso para que os leitores não se desviem do foco. Observe como o sentimento de vingança se evidencia neste trecho: “Quem te viu passar na prova e não te ajudou, quando ver você na benção vão se arrepender; vai estar entre a platéia, e você no palco…” Esse tipo de sentimento, que leva o cristão a querer mostrar aos outros que ele é vencedor, e os seus inimigos derrotados, não combina com a vida cristã. Seria bom que todos os compositores lessem as palavras de Jesus registradas em Mateus 5-7. Ainda sobre o hit Sabor de Mel, o refrão, à luz do contexto da composição, dá a ideia de que o crente está, como um jogador de futebol que conquista um campeonato, comemorando de modo provocativo, como que alfinetando os derrotados: “Mas minha vitória hoje tem sabor de mel, tem sabor de mel, tem sabor de mel. A minha vitória hoje tem sabor de mel”. Ou seja, é como se o servo de Deus tivesse a necessidade de mostrar a todos que ele venceu, e os seus inimigos perderam. Isso, definitivamente, não combina com a vida cristã. Que Deus cuida do justo não há dúvidas. Mas não cabe a nós a vingança nem o sentimento de vingança. Em Romanos 12.19,20 está escrito: “Não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira [de Deus], porque está escrito: Minha é a vingança; eu recompensarei, diz o SENHOR. Portanto, se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá-lhe de beber; porque, fazendo isto, amontoarás brasas de fogo sobre a sua cabeça”.

Enxergando o Milagre!!!

Lucas capitulo 17 a partir do versículo 11 nos fala acerca de dez leprosos, nos diz a Bíblia que esses dez leprosos foram ter com Jesus e começaram a clamar; Jesus, Mestre tem misericórdia de nós!

Diz a palavra, que Jesus vendo-os, disse-lhes, vai, e mostrai-vos aos sacerdotes, e aconteceu que, indo eles, ficaram limpos.

Mas também nos revela a palavra que UM deles VENDO que estava são, voltou glorificando a Deus em alta voz, e esse caindo aos pés de Jesus, com o rosto em terra, o dava graças.

Jesus perguntou onde estavam os outros nove, porque dez tinham sido limpos, e só voltou um para agradecer, e este era samaritano.

Jesus ainda disse que não teve quem voltasse para dar gloria, senão este estrangeiro e o despediu dizendo levanta-te e vai, a tua fé te salvou!

 Eu não quero aqui enfatizar, ou focar a questão de ter sido um samaritano, o único a ter voltado para dar glória, mas eu gostaria de meditar nesta palavra acerca do fato de apenas UM ter visto o milagre.

A Bíblia é clara em dizer, que UM VENDO QUE ESTAVA SÃO VOLTOU GLORIFICANDO A DEUS EM ALTA VOZ!

Na verdade Deus ainda tem operado milagres, maravilhas, mas as maiorias das pessoas fecham os olhos, não conseguem enxergar, até são abençoados, curados, libertos, lavados pelo sangue e pela graça de Jesus, mas não conseguem VER, e o que é pior, como conseqüência da falta de visão, acabam deixando de glorificar a Deus, seja em alta voz, seja com atitudes ou ate mesmo com seu modo de viver.

O que precisamos fazer é abrirmos os nossos olhos, e deixarmos Deus nos revelar a sua gloria, o seu poder e o seu amor.

Tem um ditado que diz que o pior cego é aquele que não quer enxergar, no caso desses dez leprosos os outros nove não viram que tinham sido limpos pelo poder de Deus, só um viu e agradeceu, acredito que ainda hoje é assim, não sei se nessa proporção, cada dez, um enxerga, mas a falta de visão é notória em nossos dias, que sejamos igual a esse que viu o milagre!!!

Veja, Enxergue, Viva o milagre de Deus na sua vida e não se esqueça de sempre Agradecer!!!

 Graça e Paz – Pb Julio César Bertie

 

Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados!

Ontem estive pregando a palavra do Senhor na Assembléia de Deus do jd palmares, foi um trabalho especial de missões onde tivemos um culto abençoado.

Tivemos ali a participação dos grupos locais, uma mocidade abençoadissima louvando que nos levou a sentir a presença do Senhor, também o irmão Arão, uma criança de 10 anos de idade louvou ao Senhor e tocando guitarra cantou o hino poderoso Deus…

Ainda tivemos a participação de uma dupla convidada, os irmãos Zé do violão e Natanael entoaram hinos a Deus compostos por eles mesmos, um estilo muito especial de louvar a Deus.

Depois tivemos a oportunidade de ministrar a palavra do Senhor no capitulo 5 de efesios, “Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados;”, onde pudemos focar a nossa vida cristã, como começamos sendo imitadores de Deus em tudo, depois começamos a se entregar, esquecer da obra que Deus tem em nossa vida, negligenciamos o chamado.

Só que alguem que um dia foi um imitador de Deus, sempre será uma pessoa diferente, onde quer que esteja sempre será notado como alguem “diferente”, como pedro quando negava a Jesus, seguindo Jesus de longe, se escondendo, ainda assim as pessoas diziam: tu é um dos que andavam com ELE, não adianta negar, se esconder, mesmo que você esteja afastado de Jesus, sempre vão te ver como um dos que andavam com ELE, pois um dia você foi um imitador DELE!

E ali o Senhor nos trouxe a memoria aquilo que nos traz esperança e renovou alianças com pessoas que já estavam entregando seu ministerio, se dando por vencidos, e no final um grande numero de pessoas vieram a frente fazer um novo concerto com Deus, muitos chorando, sensiveis ao que o Espitito Santo estava operando naquele lugar e o nome do Senhor Jesus foi Glorificado e exaltado mais uma vez!!!

Que possamos sempre ser imitadores de Deus, sempre!

Graça e Paz!

Julio

Santa Ceia do Senhor

ceia_do_Senhor_26

Ontem tivemos a santa ceia do Senhor em nossa sede, culto muito abençoado onde o Senhor manifestou a sua presença em nosso meio.
A mensagem ministrada pelo nosso pastor teve como base efésios 3.20: Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera.
E o que chamou atenção nesse versículo e na mensagem em si, é que esse versículo diz que Deus pode fazer TUDO MUITO MAIS.

Entendemos que a palavra diz que Deus faz MAIS QUE TUDO!

Tudo já é Tudo, então o que seria mais que tudo?

Esse é o nosso Deus, Ele vai além do tudo, faz muito mais que o tudo, e não faz só mais que tudo, ele faz abundantemente mais que Tudo, Aleluia!
Achei interessante compartilhar este trecho com vocês, mas a mensagem no geral foi uma benção, como sempre, os louvores tambem foram muito abençoados e o nome do Senhor Jesus foi glorificado!

Fiquem com Deus – Julio