Fundo Musical em Pregações? Conheçam o perigo desse modismo.

 (Fonte: Blog do Gediel Mendes) Yanni é um músico, tecladista, compositor de renome internacional e adepto da Nova Era, devoto de uma entidade espírita guerreira e tem sua música executada por diversos pregadores que a usam como fundo musical na pregação da palavra de Deus em várias igrejas.

Gostaria de alertar a todos sobre músicas da Nova Era sendo usada como fundo musical nas pregações em nossas igrejas.Há algum tempo conheço as músicas do Yanni, especificamente o CD Tribute, e como músico sempre admirei a qualidade musical de seu trabalho.

Mas de algum tempo para cá notei que, nossos pregadores começaram a usá-las como fundo musical em suas pregações, causando assim um modismo desmedido em vários lugares.

Pesquisando a respeito das crenças de Yanni Chrysomallis, não tomei por surpresa quando descobri que ele e sua esposa Linda Evans estão envolvidos na meditação oriental. Eles são seguidores do famoso J.Z. Knight, quem canaliza um espírito que se identifica a si mesmo como um guerreiro de 3500 anos de idade chamado Ramta, do continente perdido Atlantis.

O CD ao qual me refiro é o “CD Tribute de Yanni”. Nem precisa dizer que esse CD é um tributo a entidade espírita (um demônio) e a música que os pregadores gostam de executar nas pregações como fundo musical se chama “Adagio In C Minor”, a número 02 do CD. 

 As imagens do local onde foi gravado o video denotam um ambiente místico.A tal música é muito conhecida como o tema dos Gideões Missionários da Última Hora. Essa música é da Nova Era (seita anticristã que aguarda o ‘Maytreia’ ou anticristo).

Em outro post eu manifestei minha opinião sobre esse assunto e torno a repeti-lo aqui: esse negócio de fundo musical na hora de pregar a Palavra de Deus é uma manobra humana que os pregadores utilizam para se “colocar fogo na igreja” ou para sensibilizar o crente no momento da preleção, bem como produzir movimento no meio do povo de Deus. E, como vimos acima, muitos pregadores imaturos não sabem nem o que estão introduzindo em suas pregações, misturando o santo com o profano e fazendo do culto um sincretismo religioso. Vigiemos!

Anúncios

Diferença Entre Pastores e Lobos!!!

 46 Diferenças entre Pastores e Lobos

Pastores e lobos têm algo em comum: ambos se interessam e gostam de ovelhas, e vivem perto delas. Assim, muitas vezes, pastores e lobos nos deixam confusos para saber quem é quem. Isso porque lobos desenvolveram uma astuta técnica de se disfarçar em ovelhas interessadas no cuidado de outras ovelhas. Parecem ovelhas, mas são lobos.

No entanto, não é difícil distinguir entre pastores e lobos. Urge a cada um de nós exercitar o discernimento para descobrir quem é quem.

  1. Pastores buscam o bem das ovelhas, lobos buscam os bens das ovelhas.
  2. Pastores gostam de convívio, lobos gostam de reuniões.
  3. Pastores vivem à sombra da cruz, lobos vivem à sombra de holofotes.
  4. Pastores choram pelas suas ovelhas, lobos fazem suas ovelhas chorar.
  5. Pastores têm autoridade espiritual, lobos são autoritários e dominadores.
  6. Pastores têm esposas, lobos têm coadjuvantes.
  7. Pastores têm fraquezas, lobos são poderosos.
  8. Pastores olham nos olhos, lobos contam cabeças.
  9. Pastores apaziguam as ovelhas, lobos intrigam as ovelhas.
  10. Pastores têm senso de humor, lobos se levam a sério.
  11. Pastores são ensináveis, lobos são donos da verdade.
  12. Pastores têm amigos, lobos têm admiradores.
  13. Pastores se extasiam com o mistério, lobos aplicam técnicas religiosas.
  14. Pastores vivem o que pregam, lobos pregam o que não vivem.
  15. Pastores vivem de salários, lobos enriquecem.
  16. Pastores ensinam com a vida, lobos pretendem ensinar com discursos.
  17. Pastores sabem orar no secreto, lobos só oram em público.
  18. Pastores vivem para suas ovelhas, lobos se abastecem das ovelhas.
  19. Pastores são pessoas humanas reais, lobos são personagens religiosos caricatos.
  20. Pastores vão para o púlpito, lobos vão para o palco.
  21. Pastores são apascentadores, lobos são marqueteiros.
  22. Pastores são servos humildes, lobos são chefes orgulhosos.
  23. Pastores se interessam pelo crescimento das ovelhas, lobos se interessam pelo crescimento das ofertas.
  24. Pastores apontam para Cristo, lobos apontam para si mesmos e para a instituição.
  25. Pastores são usados por Deus, lobos usam as ovelhas em nome de Deus.
  26. Pastores falam da vida cotidiana, lobos discutem o sexo dos anjos.
  27. Pastores se deixam conhecer, lobos se distanciam e ninguém chega perto.
  28. Pastores sujam os pés nas estradas, lobos vivem em palácios e templos.
  29. Pastores alimentam as ovelhas, lobos se alimentam das ovelhas.
  30. Pastores buscam a discrição, lobos se autopromovem.
  31. Pastores conhecem, vivem e pregam a graça, lobos vivem sem a lei e pregam a lei.
  32. Pastores usam as Escrituras como texto, lobos usam as Escrituras como pretexto.
  33. Pastores se comprometem com o projeto do Reino, lobos têm projetos pessoais.
  34. Pastores vivem uma fé encarnada, lobos vivem uma fé espiritualizada.
  35. Pastores ajudam as ovelhas a se tornarem adultas, lobos perpetuam a infantilização das ovelhas.
  36. Pastores lidam com a complexidade da vida sem respostas prontas, lobos lidam com técnicas pragmáticas com jargão religioso.
  37. Pastores confessam seus pecados, lobos expõem o pecado dos outros.
  38. Pastores pregam o Evangelho, lobos fazem propaganda do Evangelho.
  39. Pastores são simples e comuns, lobos são vaidosos e especiais.
  40. Pastores tem dons e talentos, lobos tem cargos e títulos.
  41. Pastores são transparentes, lobos têm agendas secretas.
  42. Pastores dirigem igrejas-comunidades, lobos dirigem igrejas-empresas.
  43. Pastores pastoreiam as ovelhas, lobos seduzem as ovelhas.
  44. Pastores trabalham em equipe, lobos são prima-donas.
  45. Pastores ajudam as ovelhas a seguir livremente a Cristo, lobos geram ovelhas dependentes e seguidoras deles.
  46. Pastores constroem vínculos de interdependência, lobos aprisionam em vínculos de co-dependência.

Os lobos estão entre nós e é oportuno lembrar-nos do aviso de Jesus Cristo: “Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores” (Mateus 7:15).